Fragatas com saudades de andar de AC...

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Hoje o nosso blogue faz um ano!
Foi com muito gosto que fomos deixando os relatos dos nossos passeios, para todos os que nos foram acompanhando o nosso bem haja!

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Escapadinha ao Lousal

Não tem sido fácil passear aos fins de semana de AC...
mas desta vez não conseguiamos aguentar mais e mesmo só saindo Sábado à tarde, aproveitamos para uma escapadinha às minas do Lousal... e que bem que soube!



Tinhamos lido nos blogs autocaravanistas e no fórum do Campingcar sobre a AS inaugurada em Outubro, seguimos as coordenadas publicadas pelo CAS e lá fomos nós...
Chegamos já de noite mas certinhos ao local, preparado o jantar e após momentos de convívio familiar descansamos em ambiente tranquilo...
Área de serviço do Lousal, agradável, completa, com álveolos para ACs e ainda em melhoramentos

O Domingo amanheceu com sol radioso, sem nuvens mas com muito frio. Agasalhados iniciamos a nossa visita à antiga aldeia mineira.


Lousal é uma aldeia do concelho de Grândola e que pertence à freguesia de Azinheira dos Barros. Está integrada na faixa piritosa ibérica, que se estende do vale do Sado ao vale do Guadalquivir já junto a Sevilha.


A mina foi descoberta em 1882 e explorada de 1900 a 1988; dela era extraída pirite, que depois era transportada de comboio até Setúbal, onde sofria transformação em ácido sulfúrico.


Possuia casas de habitação para os mineiros, casa de saúde, farmácia, salão de festas e outras infraestruturas.
A imagem de Santa Bárbara, padroeira dos mineiros
Como as palmeiras se dão bem no Lousal...
A fonte no jardim
Igreja de S. Jorge

Nota-se por toda a aldeia um esforço para promover o Lousal, com iniciativas de desenvolvimento integrado, com o intuito de reabilitar as ruínas mineiras com um componente cultural atrativo.
Exemplares dos wagons mineiros distribuidos na aldeia...

A promoção e gestão pertencem à fundação Frederic Velge e o financiamento é parcialmente suportado por fundos comunitários.
A central eléctrica da mina

O polo da mina é cercado e foi construida uma "passadeira" em madeira, que permite percorrer o redor da mina e passear entre os lagos que a água da mina foi formando.
O passeio é muito bonito.

Depois de explorarmos o exterior fomos ao Centro de Ciência Viva(http://www.lousal.cienciaviva.pt/), um dos momentos altos desta visita, os guias e funcionários são muito simpáticos e cativantes para os miúdos, concerteza apaixonados por ciência (geologia, biologia), vão a cada passo explicando a exposição e as actividades interactivas... muito bom!
Sem Terra não há carochas... nem mesmo destas...
pois ela nos fornece todas as matérias primas... e algumas estão a esgotar!!!
No antigo balneário dos mineiros ... podemos levar um banho de ciência!
Um laboratório para experiências com os os mais novos!

No final ainda houve tempo para os meus mineirinhos se divertirem...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...